Teaching Mission Translations






Back to List of Translations
Print This Document

P-Micael_123097EnergiesAndHealth

P-Cristo_Micael_30.12.97_Energias_e_Sade

Data: 30 de dezembro de 1997

Atlanta, Gergia

Instrutor: Micael-Jesus

T/R: Steve

Tema: Energias e Sade

Irmos e irms, saudaes, especialmente para aquele que conheo melhor. Espero poder comunicar-me mais diretamente com ele (restante da saudao suprimido).

A energia com que trabalho principalmente a energia do corao. Eu o fao de duas maneiras: alargo o chakra cardaco e aumento a freqncia vibratria com que o chakra pode absorver energia. Assim a capacidade e a freqncia se elevam igualmente.

Isto se obtm quando se trazem e interpretam as experincias desta vida mortal e da vida espiritual de que vocs participaro depois da morte temporria no plano terrestre. A morte simplesmente uma porta. Um novo corpo os espera. Na verdade, uma srie de corpos os espera. Eles no sero materiais, em sua definio no plano terrestre, mas so considerados "materiais" pelos seres do plano espiritual.

Suas experincias mortais so o fator experiencial com que Deus eleva seu entendimento dos vrios planos da vida e da grande aventura do servio contnuo. A experincia extremamente importante. Ela no apenas um modo de compartilhar suas experincias com Deus. Deus tambm ganha real experincia por seu intermdio. Tanto vocs, no mundo material, quanto ns no mundo espiritual, ganhamos com essas experincias. Vocs esto vivendo uma vida "compartilhada". Sua experincia a principal maneira pela qual Deus lhes ensina. assim, como mortais, que vocs so levados a um estado em que Deus pode, pela revelao pessoal, fazer evoluirem suas conscincias individuais, elev-los para buscarem a duradoura aventura de servio no reino do Esprito de Deus. Deus realmente pode assisti-los ao trazer essas experincias de que vocs precisam para iluminar-se. Vocs esto em parceria: vocs e Deus. Vocs escolhem. Deus encoraja. Vocs do a direo, Deus proporciona as linhas mestras.

Toda realidade na verdade o Esprito de Deus. Ns simplesmente existimos nEle. Os obreiros da luz operam para estender mais e mais o Esprito de Deus no universo material. O universo material simplesmente uma manifestao vibratria do Esprito de Deus. um arcabouo para a evoluo. Cabe aos que para Ele trabalham o cuidado com a realizao das intenes de Deus nessa estrutura. Vocs vem que somos amados pelo Pai e contamos com a sua confiana. O mais refinado ato de amor e confiana permitir que nos revelemos em nosso prprio ritmo e cadncia. O livre-arbtrio um ato de confiana. A realidade est permeada pela conscincia de Deus, embora no possamos sempre v-la ou dela estarmos cientes. O esprito uma substncia muito sutil para ser vista pelos olhos mortais, ou mesmo pela maioria daqueles que vocs chamariam de olhos espirituais tambm. Na verdade, a maioria de ns que participamos da grande aventura do servio a Deus simplesmente temos um tipo de corpo diferente do de vocs, e somos realmente "mortais", se assim quiserem entender.

A experincia no corpo material criada ao fazer-se uma ligao real entre nosso chakra e as possibilidades energticas. Isso cria a manifestao de nossa experincia real. Ela pode ser to visvel para os olhos treinados quanto um feixe de luz. Essa expresso energtica liga voc ao objeto de seu desejo. O desejo ou o contedo emocional faz mais forte o feixe de atrao. Voc literalmente "traz" a experincia ou coisa para si ao ligar o feixe de seu chakra a ela e atra-la para sua experincia. por esse mecanismo que Deus pode trabalhar em sua vida. Ele pode encoraj-lo a atrair aquelas experincias que optimizaro seu crescimento como indivduo. E Deus realmente o conhece como indivduo. literalmente verdade que "nada est escondido de Deus". Como poderia ser diferente, se Deus olha para o mundo com os olhos de todos vocs?

A verdade que todos os caminhos dos honestos buscadores da verdade levaro eventualmente ao destino ltimo do amor de Deus. A maioria das diferenas em filosofias ou "caminhos"que vocs vem, entre todos os Mestres que atualmente atendem s necessidades da Terra se devem ao fato de que esses Mestres j dominaram seu prprio caminho e ento simplesmente lhes pedem para seguir esse "caminho"que eles entendem to bem, depois de os terem vivido. Mas ningum pode, na verdade, seguir exatamente o caminho de outrem, e os Mestres entendem isso. Eles esto simplesmente explicando como conceptualizaram o caminho que seguem, na esperana de que isso proporcione a vocs, como buscadores, uma estrutura provisria, at que estejam suficientemente fortes para entender que cada um deve desenvolver seu caminho prprio e nico. Embora muitos caminhos possam utilizar estruturas semelhantes, nenhum caminho exatamente igual a outro. Poderia ser diferente? Voc uma expresso nica do amor de Deus e o novo ser espiritual que voc se tornar, em sua parceria eterna com Deus, o filho ou filha unignito (a) do Deus Altssimo. Como poderia haver outro como voc? E se pode haver apenas um novo "voc", seria surpresa saber que seu caminho com e para o Grande Deus Incognoscvel dos Universos ser unicamente seu prprio? O Deus infinito envia infinitas oportunidades para que todos se compatibilizem e se comprometam com o servio divino.

Uma das razes para desenvolvermos a habilidade de ligar-nos e desligar-nos apropriadamente a nossas experincias no mundo material que, se ficamos excessivamente ligados ou excessivamente desligados da energia que passa por ns atravs de nossos chakras, um desequilbrio pode ocorrer e causar doenas durante a vida mortal. Por exemplo, se Deus determina que devemos trabalhar sobre nossos relacionamentos, uma estrutura criada e comearemos a atrair outros para ns. A energia de nossos chakras procura energias similares em outros que tenham lies similares a aprender, e estabelecemos ligaes de acordo com as nossas prprias escolhas. Comeamos a trabalhar aquela relao. Digamos que a lio tenha sido aprendida e as energias da outra pessoa comecem a desligar-se, mas nossas prprias energias se recusam a reconhecer o momento apropriado para se desligarem, ento isso provoca cimes e raiva. Se a ligao se torna uma fixao, ento ocorre uma deformao da energia. Essa perda de energia provoca um desequilbrio em nosso sistema, que com o tempo poder traduzir-se em doena do corpo. Podemos ficar repetindo essa lio por vezes sem conta, atraindo e deixando de desligar-nos de relaes similares, at que aquela deformao da energia seja adequadamente retirada e sanada.

O fsico o portal para os domnios espirituais em suas raas. Ele pode ser utilizado para acelerar seu crescimento. Se isso no fosse verdade, ento Deus no nos teria proporcionado a realidade material. Gasta-se muito tempo condenando o fsico, mas ele uma criao de Deus que procede do espiritual. Sua base na realidade espiritual. Ele mantido pelas energias espirituais, assim sendo no pode ser mau. No mximo pode ser neutro e deve ser usado da forma mais elevada. Trabalhe com ele. Ele conduz vida eterna. a "parte temporal" do eterno, se vocs perdoarem meu humor. Ele difcil de equilibrar em sua vida. A nfase no divino um modo de atingir esse equilbrio. Eleve as coisas da vida a Deus. Concentre-se na aceitao e no amor. Concentre-se no servio a seus irmos e irms. O tempo passar, e antes que voc se d conta, ele se transformar sem voc perceber que a transformao estava ocorrendo. O seu Deus interior tem todo o poder. Muitos de vocs se concentram sobre o que podem fazer durante sua srie de dias de tempo mortal, e a resposta bvia : nada. Vocs nem estariam vivos sem a contnua presena de Deus. Vocs no contm vida dentro de si. A vida um dom. Ela lhes permite vir voluntariamente fonte daquela vida. Vocs nada tm a dar, a no ser seu desejo de vir. Esse desejo a chave final. Deixem Deus assumir a conduo de suas vidas. Isso se chama f. E essa f transformadora.

Traduzido por Frederico em Braslia, 14 de novembro de 2004

END